25 de setembro de 2009

Aprenda a fazer uma salada de macarrão

"Mark Bittman prepara uma salada com o clássico macarrão soba japonês, missô, cenoura, edamame e espinafre". ( Fonte: TV IG)

24 de setembro de 2009

Culinária brasileira faz sucesso na Espanha

"Os sabores da culinária brasileira chamaram a atenção em uma feira gastronômica no sul da Espanha.

A "Andaluzia Sabor", em homenagem a essa regiao espanhola, está dedicada especialmente às receitas tanto tradicionais como inovadoras de sua cozinha.

No entanto, uma das sensações do evento foi a presença brasileira, que buscou harmonia com a cozinha espanhola através da cor e do sabor." ( Fonte: TV IG)

23 de setembro de 2009

Torta suprema

Ingredientes

Massa
370g de farinha de trigo
30g de cacau em pó
200g de manteiga gelada
100g de açúcar
1 ovo médio batido
2g de sal

Creme de chocolate ao leite
200g de chocolate ao leite em barra
160g de creme de leite fresco

Creme de chocolate amargo
200g de chocolate amargo em barra

200g de creme de leite fresco

Modo de preparo

Massa
Misture a farinha, o açúcar, o cacau, a manteiga gelada e o sal com as mãos até obter uma farofa grossa. Adicione o ovo batido de uma só vez e misture. A massa deve ficar homogênea. Leve à geladeira para descansar durante 2 horas. Enforme a massa no tamanho que preferir. Leve ao forno e asse por quinze minutos em temperatura alta.

Cremes de chocolate
O modo de preparo dos dois cremes de chocolate é o mesmo. Separadamente, ferva as duas medidas do creme de leite. Despeje uma sobre o chocolate amargo e a outra sobre o ao leite. Espere dois minutos e, em seguida, mexa bem até que os cremes fiquem homogêneos. Deixe esfriar.

Montagem

Preencha metade da massa já assada com o creme de chocolate ao leite. Leve à geladeira para firmar. Complete o recheio da massa com o creme amargo e leve à geladeira novamente. Tão logo estejam firmes, decore como preferir. Sirva em temperatura ambiente. ( Fonte: Veja SP)

Alimentos que fazem bem à saúde

"Alimentos que fazem bem à saúde e ajudam a prevenir doenças.

Apesar dos benefícios comprovados, os produtos integrais ainda são pouco consumidos no Brasil." ( Fonte: TV IG)

Como reaproveitar o óleo de cozinha

"Uma pesquisa da Universidade de Brasília revela: o óleo de cozinha só pode ser reutilizado, no máximo, seis vezes.

Mas não é difícil encontrar locais onde o produto é reutilizado até 20 vezes." ( Fonte: TV IG)

Festival Onívoro de Comida Francesa

"O Festival Onívoro de Comida Francesa cruzou o Atlântico pela primeira e desembarcou em Nova York.

O master cuisinier Michel Bras mostrou como se faz culinária refinada a jovens de várias partes do mundo." ( Fonte TV IG)

Restaurante clandestino faz sucesso

"Restaurantes clandestinos se multiplicam em apartamentos da capital inglesa." ( Fonte: TV IG)

22 de setembro de 2009

Alimentos que ajudam a reduzir o colesterol

  • Aipo (Salsão) – Alcachofra – Alho – Ameixa-preta - Amora – Aveia e farelo de aveia
  • Azeite de oliva – Castanha do Pará e Castanha de caju – Cenoura – Cereais integrais
  • Couve flor - Ervilha – Feijão– Mamão – Mandioca – Nozes e amêndoas – Pêra – Pêssego
  • Quiabo e Soja

O que evitar

  • Vida sedentária – Frituras – Gema de ovo – Manteiga – Creme de leite – Chantilly – Pele de frango
  • Gordura de carne – Fígado e miúdos – Leite integral – Queijos gordos – Frutos do mar e ovas de peixes – Bacon – Abacate – Sorvetes cremosos – Doces cremosos – Biscoitos amanteigados e recheados.

Alimentos importantes para as mulheres

Soja, berinjela, alho, alcachofra e semente de linhaça são alimentos importantes para as mulheres porque ajudam a reduzir a taxa de colesterol e os sintomas da tensão pré-menstrual (TPM), evitam distúrbios cardiovasaculares e auxiliam no climatério e na menopausa.

A soja é um dos principais alimentos para quem precisa baixar a taxa do colesterol. Ela fornece a proteína vegetal mais completa, cálcio e potássio. Os alimentos que contêm fibras solúveis – apresentados na tabela “alimentos que ajudam a reduzir o colesterol”, devem ser consumidos diariamente, ou ingeridos por meio de cápsulas que contêm o extrato das plantas.

Um dos motivos porque as taxas de mau colesterol são mais baixas entre os orientais é o fato de a alimentação deles ser à base de fibras, como verduras, legumes, brotos de feijão e de bambu, e soja. Para compor a sua dieta, veja a seguir a relação dos produtos e o seu teor de colesterol.

Tabela de alimentos com índice de colesterol:

 

Alimento (100g) Colesterol (mg) Alimento (100g) Colesterol (mg)
Gema de ovo 1500 Carne bovina magra 123
Marisco, Caranguejo 565 Presunto 105
Ovo (inteiro) 463 Frango 104
Fígado e miúdos 320 Queijo branco 100
Carne com gordura 289 Lombo de porco 99
Banha 243 Peixe frito 70
Sardinha 220 Salsicha 60
Parmesão/Provolone 193 Maionese 50
Camarão 163 Leite integral 13,5
Queijo prato/mussarela 140 Leite desnatado 2

 

Fonte: Coleção Dieta Especial - Editora Melhoramentos

19 de setembro de 2009

Alecrim

800px-Rosemary_bush

"O alecrim (Rosmarinus officinalis) é um arbusto comum na região do Mediterrâneo ocorrendo dos 0 a 1500 m de altitude, preferencialmente em solos de origem calcária. Devido ao seu aroma característico, os romanos designavam-no como rosmarinus, que em latim significa orvalho do mar.

Como qualquer outro nome vernáculo, o nome alecrim é por vezes usado para referir outras espécies, nomeadamente o rosmaninho, que possui exactamente o étimo rosmarinus[1]. No entanto estas espécies de plantas, alecrim e rosmaninho, pertencem a dois géneros distintos, Rosmarinus e Lavandula, respectivamente, e as suas morfologias denotam diferenças entre as duas espécies, em particular, a forma, coloração e inserção da flor.

Descrição

Arbusto muito ramificado, sempre verde, com hastes lenhosas, folhas pequenas e finas, opostas, lanceoladas. A parte inferior das folhas é de cor verde-acinzentada, enquanto a superior é quase prateada. As flores reúnem-se em espiguilhas terminais e são de cor azul ou esbranquiçada. O fruto é um aquênio. Floresce quase todo o ano e não necessita de cuidados especiais nos jardins.

Toda a planta exala um aroma forte e agradável. Utilizada com fins culinários, medicinais, religiosos, a sua essência também é utilizada em perfumaria, como por exemplo, na produção da água-de-colônia, pois contém tanino, óleo essencial, pinemo, cânfora e outros princípios ativos que lhe conferem propriedades excitantes, tônicas e estimulantes.

A sua flor é muita apreciada pelas abelhas produzindo assim um mel de extrema qualidade. Há quem plante alecrim perto de apiários, para influenciar o sabor do mel.

Cultivo

Devido à sua atractividade estética e razoável tolerância à seca, é utilizado em arquitectura paisagísta, especialmente em áreas com clima mediterrânico. É considerada fácil de cultivar para jardineiros principiantes, tendo uma boa tolerância a pragas.

O alecrim é facilmente podado em diferentes formas e tem sido utilizado em topiária. Quando cultivado em vasos, deverá ser mantido de preferência aparado, de forma a evitar o crescimento excessivo e a perda de folhas nos seus ramos interiores e inferiores, o que poderá torná-lo um arbusto sem forma e rebelde. Apesar disso, quando cultivado em jardim, o alecrim pode crescer até um tamanho considerável e continuar uma planta atraente.

Pode ser propagado a partir de uma planta já existente, através do corte de um ramo novo com cerca de 10-15 cm, retirando algumas folhas da base e plantando directamente no solo.

Várias variedades cultivares foram seleccionadas para uso em jardim. As seguintes são frequentes:

  • Albus - flores brancas
  • Arp - folhas verde-claro, fragrância a limão
  • Aureus - folhas com pintas amarelas
  • Benenden Blue - folhas estreitas, verde-azulado-escuro
  • Blue Boy - anã, folhas pequenas
  • Golden Rain - folhas verdes, com raios amarelos
  • Irene - ramagem laxa, rastejante
  • Lockwood de Forest - selecção procumbente (rastejante) de Tuscan Blue
  • Ken Taylor - arbustiva
  • Majorica Pink - flores cor-de-rosa
  • Miss Jessop's Upright - alta, erecta
  • Pinkie - flores cor-de-rosa
  • Prostratus
  • Pyramidalis (também conhecida como Erectus) - flores azul-pálido
  • Roseus - flores cor-de-rosa
  • Salem - flores azul-pálido, resitente ao frio e semelhante à Arp
  • Severn Sea - baixa, espalhando-se e enraizando-se pelo solo, com ramos em arco; flores violeta profundo
  • Tuscan Blue - erecta

Utilização culinária

Fresco (preferencialmente) ou seco, é apreciado na preparação de aves, caça, carne de porco, salsichas, lingüiças e batatas assadas. Na Itália é utilizado em assados de carneiro, cabrito e vitela. Em churrascos, recomenda-se espalhar um bom punhado sobre as brasas do carvão aceso, perfumando a carne e difundindo um agradável odor no ambiente. Pode ser utilizado ainda em sopas e molhos.

Aplicações medicinais

 

Flor do Alecrim.

A medicina popular recomenda o alecrim como um estimulante para todas as pessoas atacadas de debilidade, sendo empregado também para combater as febres intermitentes e a febre tifóide.

Uma tosse pertinaz desaparecerá com infusões de alecrim, que também se recomendam a todas as pessoas cujo estômago seja preguiçoso para digerir.

Também apresenta propriedades carminativas, emenagogas, desinfectantes e aromáticas.

Uma infusão de alecrim faz-se com 4 gramas de folhas por uma chávena de água a ferver. Toma-se depois das refeições." ( Fonte: Wikipédia)

Caramelo

Ingredientes

450g de açúcar

150ml de água

1 colher (sopa) de glucose de milho

1 pitada de sal

Modo de preparo

Ponto de bala mole

Coloque a glucose de milho no fundo da panela e acrescente açúcar e água. Deixe a água dissolver o açúcar. Leve ao fogo alto e acrescente um pouco de sal, para quebrar a doçura do caramelo. Deixe a água evaporar e espere a massa adquirir consistência. O ponto de bala mole tem massa cremosa e gruda nos dedos.

Ponto de bala dura

A passagem do ponto de bala mole para o de bala dura ocorre em instantes. A consistência é mais firme.

Ponto crocante

Nesta etapa, o caramelo tem cor amarelo claro. É o ponto perfeito para glacear, por exemplo, massas de éclair.

Ponto para decoração

É quando o caramelo já está com uma coloração mais forte. Quando tirar do fogo, coloque a panela em um recipiente com água fria para interromper a fervura e evitar que a mistura queime.

Calda

Acrescente água à receita e deixe ferver até adquirir a consistência desejada.

( Fonte: Veja SP)

tortinha de chocolate

Ingredientes

Recheio de chocolate (ganache)

300g de chocolate meio amargo bem picado
140g de creme de leite
20g de glucose
70g de manteiga amolecida

Massa podre doce

225g de farinha de trigo
25g de farinha de castanha de caju
1 ovo
100g de açúcar
125g de manteiga

Modo de preparo

Recheio de chocolate (ganache)

Coloque o creme de leite e a glucose numa panela e leve ao fogo alto. Espere ferver bem e acrescente o chocolate.

Quando o chocolate estiver completamente derretido, acrescente a manteiga e deixe derreter sem mexer. Isso garante o brilho do recheio.

Massa podre doce

Misture o ovo, o açúcar e a farinha de castanha de caju em uma vasilha. A castanha de caju permite que a massa esfarele na boca e, ao mesmo tempo, tenha uma boa consistência.

Em uma segunda tigela, misture a farinha de trigo e a manteiga até obter um farelo semelhante à areia.

Misture as massas até ficar liso e homogêneo e guarde na geladeira por 1 hora. Depois estique com o rolo de confeitar.

Deixe assar no fogo baixo. Não ultrapasse o termostato 5 ou 155 graus. O tempo para assar depende do forno e do número de tortas que serão preparadas. Mas costuma variar entre 10 e 15 minutos.

Finalização

Preencha as tortinhas com a ganache ainda morna e leve para gelar até que o recheio endureça.

( Fonte: Veja SP)

16 de setembro de 2009

Modo de Fazer: Feijão

"Láercio F. de Macena, chef de cozinha do restaurante La Marie em São Paulo, ensina como cozinhar feijão." ( Fonte: TV IG)

Receita de bolinhos de caranguejo

"Mark Bittman ensina como preparar bolinhos de caranguejo à moda tailandesa" ( Fonte: TV IG)

 

14 de setembro de 2009

Batata Chips sem óleo

Ingredientes:

Separe 5 batatas médias descascadas e cortadas em rodelas finas,

1 e ½ colher (sopa) de azeite de oliva,

½ colher (chá) de páprica doce, sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo:

Em uma vasilha, misture bem a batata com 1 colher (sopa) de azeite, a páprica, o sal e a pimenta. Disponha as batatas numa só camada em assadeira untada com o restante do azeite. Leve ao forno médio pré-aquecido (180°) por 45 minutos. Retire imediatamente e coloque em papel absorvente. ( Fonte: Band)

Como fazer café no velho e bom coador.

( Fonte: Veja SP)

Como fazer um café caseiro numa cafeteira italiana

( Fonte: Veja SP)

Como preparar seu café caseiro numa cafeteira expressa doméstica.

( Fonte: Veja SP)

Dicas sobre Espumantes

( Fonte: Veja SP)

Cassoulet

Ingredientes

Cassoulet

2kg de feijão branco

1,5kg de lombo de porco

1,5kg de costeleta de cordeiro desossado

500g de bacon

1 cebola grande picada

4 dentes de alho picados

2 folhas de louro

1 talo de salsão

3 conchas de molho de tomate fresco

3 colheres de manteiga

Pimenta-do-reino branca a gosto

Sal a gosto

Óleo de soja para fritura

Acompanhamento (quantidade por pessoa)

1 bisteca de porco

2 liguiças portuguesas

Modo de preparo

Cassoulet

Deixe o feijão branco de molho de um dia para o outro. Depois de inchados, escorra a água e leve para cozinhar em uma panela bem grande com água suficiente para cobri-los. Coloque as duas folhas de louro.

Enquanto isso, corte o lombo, o cordeiro e o bacon em cubos. Frite o lombo, o cordeiro e a parte com ossos que sobrou da costeleta e, depois de bem douradinhos, coloque para cozinhar junto com os feijões.

Frite o bacon e escorra o excesso de gordura. Adicione três colheres de manteiga, a cebola e o alho bem picadinhos. Adiocne o molho de tomate, sal e pimenta branca a gosto. Refogue tudo e ponha a mistura na panela com o feijão.

Coloque o talo de salsão, com folhas e tudo, tampe a panela e deixe cozinhar por aproximadamente duas horas e meia.

Acompanhamento

Tempere a bisteca com sal e pimenta a gosto e frite em óleo bem quente. Frite as linguiças na mesma frigideira. Depois de tudo pronto, coloque as carnes por cima do cassoulet, para decorar a cumbuca.

Importante: se durante o cozimento do cassoulet a água não for suficiente, coloque de 3 a 4 conchas de caldo de carne.

Caldo de carne

Em uma panela com água, cozinhe ,ossos e rebarbas de carnes, cenoura, cebola, salsão, cheiro verde, pimenta e sal a gosto.

(Fonte: Veja SP)

Éclair (bomba) de chocolate

Ingredientes

Massa
200ml de leite
200ml de água
8g de açúcar
8g de flor-de-sal
180g de manteiga
220g de farinha de trigo
300g de ovos

Creme de chocolate
125ml de leite
125ml de creme de leite
60g de gema de ovo (2 gemas)
50g de açúcar
150g de chocolate amargo
250g de mascarpone

Ganache de chocolate amargo
250g chocolate amargo
400g de creme de leite
50g de açúcar invertido ou glucose de milho

Modo de preparo

Massa
Peneire a farinha e reserve. Ferva o leite com a água, o sal, o açúcar e a manteiga.
Retire do fogo e acrescente a farinha de trigo. Volte ao fogo baixo e misture até a massa desgrudar da panela e da colher.

Coloque a massa na batedeira e bata até esfriar um pouco. Acrescente os ovos, um a um, em temperatura ambiente (espere a massa absorver um ovo antes de acrescentar o outro). A massa estará pronta assim que absorver todos os ovos. Coloque-a em um saco de confeiteiro de bico redondo e liso. Em uma assadeira forrada com papel-manteiga, faça pequenas bolas com cerca de cinco centímetros de diâmetro.

Coloque a assadeira no freezer e depois que as éclairs estiverem congeladas leve-as ao forno. Nos primeiros 15 minutos, em fogo alto. Em seguida, deixe por mais 5 minutos em temperatura média. Retire do forno, espere esfriar e faça um pequeno furo na base para poder rechear.

Creme de chocolate
Ferva a mistura de leite e creme de leite. Bata as gemas e o açúcar. Despeje um pouco do creme quente nesta mistura, incorpore-os e adicione ao restante da panela. Deixe engrossar em fogo baixo. Reserve.

Derreta o chocolate em banho-maria e junte ao creme engrossado. Guarde na geladeira até ganhar boa consistência. Depois desse processo, bata na batedeira cerca de 500g desse creme de chocolate gelado.

Separadamente, bata também o mascarpone. Junte os dois cremes e bata-os novamente em velocidade média até que a mistura fique leve e homogênea. Tome cuidado para não bater muito. Coloque o creme em um saco de confeiteiro de bico redondo e liso e preencha o fundo das éclairs. Mantenha-as na geladeira.

Ganache chocolate amargo

Ferva o creme de leite com o açúcar invertido e despeje sobre o chocolate picado. Leve à geladeira para endurecer.

Montagem

Para glacear (ou cobrir parcialmente) as éclairs, coloque a ganache em um pote e amoleça um pouco no microondas. Mergulhe até a metade cada uma das bombinhas recheadas. Mantenha em geladeira.

( Fonte: Veja SP)

13 de setembro de 2009

Lista de itens para enxoval:

 

Na hora de montar o enxoval sempre existe a preocupação de saber o  que é essencial para uma casa. Abaixo, segue uma lista de itens que o site www.fazfacil.com.br considera básico na sua cozinha.

Abridor de garrafas

Abridor de latas

Afiador de facas

Assadeiras de vários tamanhos

Aventais de plástico

Batedor de carnes

Batedor de ovos

Bacia de plástico

Balança de cozinha

Bisnaga com boquilhas para decoração de bolos

Bandejas

Chaleira

Cafeteira

Cortador de ovos

Conchas

Carretilha para massas

Coador para chá

Coador de café

Colheres de pau

Conjunto porta temperos

Cobridores de alimento

Descaroçador de azeitonas

Descascador de batatas

Descanso de travessas

Descanso de panelas

Escumadeira

Espremedor de alho

Espremedor de batatas

Espremedor de laranja/limão (plástico)

Escorredor de arroz

Escorredor de massas

Espátula de cortar bolo

Escorredor de pratos

Faca para pão

Forma para bolo com buraco no centro

Forma redonda para bolo

Forma para tortas com fundo removível

Forminhas para empadas

Forma para pudim

Forma de pizza

Forma para microondas

Frigideiras

Funil

Garfo para cozinhar

Galheteiro

Garrafas plásticas para água

Garrafas térmicas

Jogo de facas para cozinha

Jarras de sucos

Jogo de pirex

Luva térmica

Leiteira

Lixeira

Martelo de carne

Medidas para receitas (copos e colheres)

Panelas de vários tamanhos. (minimo)

2 panelas de pressão para o feijão e carnes

1 frigideira pequena

1 frigideira grande

2 panelas médias

1 panela grande.

Pilão

Peneiras de vários tamanhos

Paliteiro e saleiro (conj.)

Pegador de macarrão

Pratos para bolo

Porta lata de azeite e óleo

Pote para queijo ralado

Potes de mantimentos

Potes para condimentos

Porta-talheres

Porta-temperos

Pegador de panela

Panos de prato

Plásticos para freezer

Quebra - nozes

Queijeira

Ralador para queijos e legumes

Rolo para abrir massa

Refratários de vários tamanhos

Relógio de cozinha

Saca-rolhas

Saladeira

Saleiro

Talheres de cozinha

Travessas refractárias

Talheres para salada

Tábua para carnes

Tábua para queijo e frios

Tigelas para bater bolos

Tesoura para cozinha

Toalhas de prato

Tupperware

Vidros para mantimentos

Faqueiro

Jogo de pratos de sobremesa Jogo de pratos fundos Jogo de pratos rasos

Jogo de talheres para servir

Jogo de travessas de cerâmica

Jogo de xícaras de chá

Jogo de xícaras de café

Jogo de copos (água, suco, cerveja, soft drinks)

Jogo para café da manhã (bule de chá, cafeteira, açucareiro, manteigueira, cesto para pão)

Jogo de porta-copos

Travessas em vidro de forma e tamanhos variados

Descanso de mesa

Potes para mel e geléias

Molheira

Saladeira

Fruteira

Balde e pegador de gelo

Espremedor de frutas

Jarras

Misturadores de bebidas

Aparelho de jantar (uso diário)

Aparelho de café

Baixelas de aço inox

Bandejas diversas

Tábua de frios

Tábua queijo

Porta-aperitivos Faca especial para queijos

Faca de pão

Espátulas de patês

Espátula para queijo

Aparelho completo de foundue

Cestos de pão

Corta-queijo

Colher para sorvete

Batata rosti

Ingredientes

- 800g de batatas (tamanho médio)
- 2 colheres (sopa) de manteiga
- 2 colheres (sopa) de óleo de milho ou girassol
- Sal a gosto
- Pimenta-do-reino a gosto
- Tempero em pó à base de legumes (tipo Fondor) a gosto

Modo de preparo

Cozinhe as batatas com casca e sal. Elas não devem amolecer muito, caso contrário, na hora de ralar, irão se desfazer. Depois de cozidas, deixe descansar por um dia fora da geladeira. Retire a casca e rale em lascas grossas, tomando cuidado para não amassá-las.

Em uma frigideira antiaderente, junte a manteiga e o óleo. Deixe esquentar bem, acrescente a batata ralada, salpique com sal, pimenta e tempero de legumes a gosto. Misture bem e deixe formar uma crosta.

Com uma espátula, mexa delicadamente algumas vezes, para que a batata fique dourada uniformemente.

No final, deixe formar uma crosta. Desligue o fogo, cubra a frigideira com um prato e vire.

  ( Fonte: Veja SP)

Lagostins gratinados

Ingredientes

12 lagostins frescos
60g de manteiga
3 ramos de alecrim
1 colher (sopa) de pimentão vermelho
1 colher (sopa) de pimentão amarelo
1 colher (sopa) de abobrinha
1 colher (sopa) de cebolete
20ml de vinagre de vinho tinto
50g de mel
80ml de óleo de girassol

Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Em um recipiente, despeje o vinagre e misture um pouco de sal e pimenta. Em seguida, coloque lentamente o mel e mexa sem parar.

Quando estiver homogêneo, acrescente o óleo de girassol, também aos poucos, e continue mexendo até obter uma emulsão. Por último, junte os legumes e a cebolete picados bem pequenos. Reserve.

Com uma faca afiada, abra os lagostins ao meio. Tempere com sal e pimenta a gosto. Disponha os lagostins numa assadeira e, por cima deles, coloque a manteiga cortada em pequenos cubos. Coloque os ramos de alecrim e leve ao forno em temperatura alta por cinco minutos.

Na hora de servir, disponha os lagostins cortados ao meio em pratos individuais. Aproveite a manteiga aromatizada com alecrim que escorreu na assadeira e jogue por cima dos lagostins. Finalize com o vinagrete de mel. ( Fonte: Veja SP)

Picadinho de picanha

Ingredientes

Carne

50ml de azeite
50g de alho
300g de cebola
1kg de picanha de cordeiro (ou filé mignon)
300ml de cerveja escura
200ml de caldo de carne

1 colher (sopa) de melaço de cana

Salsinha a gosto
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Farofa

250g de farinha de mandioca
5 unidades de banana nanica
50g de castanha-do-pará

50ml de azeite

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Purê

1kg mandioquinha
50ml de azeite

Sal a gosto

Modo de preparo

Carne

Corte a picanha em pequenos cubos e retire toda a gordura. Em uma panela, junte o azeite e doure a carne. Em seguida, coloque o alho e deixe-o fritar por alguns minutos. Adicione a cebola e refogue até que fique transparente.

Quando a picanha já estiver macia, adicione a cerveja preta. Acerte o sal e a pimenta e acrescente o molho roti (que pode ser substituído pela metade da quantidade de água). Finalize com o melaço e a salsinha e reserve.

Farofa

Coloque metade do azeite em uma frigideira e doure a banana cortada em rodelas. Em outra frigideira, ponha o restante do azeite, frite a farinha de mandioca até que fique douradinha.

Junte a farinha à banana e acerte o sal e a pimenta. Finalize misturando a castanha-do-pará fatiada em lâminas.

Purê

Cozinhe a mandioquinha descascada numa panela com água e sal. Quando estiver al dente, amasse-a grosseiramente utilizando um pouco da água do cozimento. Coloque o azeite em uma frigideira, junte as mandioquinhas e cozinhe o purê em fogo médio até obter uma mistura homogênea. Acerte o sal.

Montagem

Em um prato, disponha a carne, a farofa e o purê em proporções iguais. Salpique lascas de castanha por cima e decore com salsa.

( Fonte: Veja SP)

Festival Internacional de Gastronomia

"Conhecer os segredos de chefs de cozinha do mundo inteiro é a proposta do 3º Festival Internacional de Gastronomia de Gramado, no Rio Grande do Sul. O evento, que tem receitas e concursos de dar água na boca, deve receber mais de 40 mil pessoas, até o próximo final de semana."( Fonte: TV IG)

 

10 de setembro de 2009

Etiqueta ( composição de mesa) - 2 parte

"Nunca coloque o prato fundo ou qualquer recipiente com alimento líquido quente sobre a mesa. Use sempre um prato raso ou um sousplat como base.

 

Apesar da maior parte das pessoas usar o garfo para conduzir o alimento até a boca com a mão direita, ele deve ser colocado do lado esquerdo do prato. Como a maioria da população é destra, a força necessária para o corte dos alimentos deve ficar na mão direita, local correto de colocação da faca. Caso você não consiga conduzir o garfo com o alimento até a boca com a mão esquerda, não há problema. Segure o alimento a ser cortado com o garfo na mão esquerda. Corte com a faca, que estará na mão direita. Descanse a faca na aba superior do prato e transfira o garfo para a mão direita, conduzindo o alimento até a boca.

 

Ao devolver o guardanapo sobre a mesa, após o término da refeição, coloque-o casualmente do lado direito do prato, sem dobrar. Esse ato só deverá ocorrer após o último alimento servido. Isso inclui a sobremesa e o café.

 

Os talheres, após o término da refeição, devem ser colocados juntos e paralelos no centro do prato com as bases voltadas para baixo. Esse é o sinal de que você encerrou a refeição.

 

O arranjo de flores deve ser colocado no centro da mesa e nunca encobrir o rosto das pessoas. Dessa maneira, não existirão barreiras para a conversa durante as refeições. "

( Fonte: http://www.oxford.ind.br/institucional/pt/dicas/decoracao.php)

Alho

800px-Garlic

 

"São designadas como alho algumas plantas do gênero Allium (mas não só), embora o termo se aplique especificamente ao Allium sativum, uma planta perene cujo bulbo (a "cabeça de alho"), composto por folhas escamiformes (os "dentes de alho"), é comestível e usado tanto como tempero como para fins medicinais.

O alho é utilizado desde a antiguidade como remédio, sendo usado no Antigo Egito na composição de vários medicamentos. Suas propriedades anti-microbianas e os seus efeitos benéficos para o coração e circulação sanguínea já eram valorizados na Idade Média. Possui um ótimo valor nutricional, possuindo vitaminas (A, B2, B6, C), aminoácidos, adenosina, sais minerais (ferro, silício, iodo) e enzimas e compostos biologicamente ativos, como a alicina. O alho costuma ser indicado como auxiliar no tratamento de hipertensão arterial leve, redução dos níveis de colesterol e prevenção das doenças ateroscleróticas. Também se atribui ao alho a capacidade de prevenir resfriados e outras doenças infecciosas, e de tratar infecções bacterianas e fungicas.Culinária

Na culinária pode ser utilizado de diversas formas, cru, refogado, picado, em rodelas, etc, conforme os gostos que são pouco unânimes. Em geral, os povos mediterrânicos são os maiores apreciadores, empregando-o, geralmente, em conjunto com o tomate e a cebola. Outros povos, menos adeptos do seu uso, chegaram a designar a planta como "rosa fétida", devido ao seu odor forte e picante proporcionado pela essência de alho ou dialil sulfito (C3H5)2S. Quando consumido em quantidades elevadas, esse odor pode tornar-se evidente no suor de quem o ingeriu. O hálito característico e geralmente considerado desagradável pode ser minimizado se for consumida também salsa fresca.

Uma curiosidade aos apreciadores da "rosa fétida" é um restaurante de mesmo nome, em Inglês chamado de "Stink Rose", localizado em São Francisco (California), nos Estados Unidos da América. Sendo um restaurante temático de conceito interessante a maior parte do que pode ser consumido é temperado com alho e algum dos alimentos apresentam um gosto bem marcante deste tempero. Mais interessante ainda é a existência de um vinho carregado de seu sabor e cheiro e de uma sobremesa peculiar, o sorvete de alho. O restaurante possui ainda uma filial em Beverly Hills.

Outros tipos de "alho"

São também designadas como alho as seguintes plantas:

  • Alho-da-campina - o mesmo que alho-do-mato
  • Alho-das-vinhas (Allium vineale)
  • Alho-de-espanha (Allium scorodoprasum)
  • Alho-do-campo - o mesmo que alho-do-mato
  • Alho-do-mato (Cipura paludosa)
  • Alho-espanhol - o mesmo que alho-de-espanha
  • Alho-francês - o mesmo que alho-porro
  • Alho-grosso-de-espanha - o mesmo que alho-de-espanha
  • Alho-macho - o mesmo que alho-porro
  • Alho-mágico (Allium nigrum)
  • Alho-mourisco - o mesmo que Alho-de-espanha
  • Alho-negro - o mesmo que Alho-mágico
  • Alho-ordinário - o mesmo que alho (Allium sativum)
  • Alho-poró - o mesmo que alho-porro
  • Alho-porro (Allium porrum) ou porro-hortense (segundo alguns autores, pode ser considerado apenas como uma variante de Allium ampeloprasum)
  • Alho-porró - o mesmo que alho-porro
  • Alho-porrô - o mesmo que alho-porro
  • Alho-porro-bravo (Allium ampeloprasum)
  • Alho-rocambole - o mesmo que alho-de-espanha
  • Alho-rosado (Allium roseum)
  • Alho-sem-mau-cheiro (Nothoscordum gracile e Nothoscordum striatum)
  • Alho-silvestre (Nothoscordum striatum) " ( Fonte: Wikipédia)

Cream cracker

"Segundo Mark Bittman, há cerca de 80 produtos que podem ser classificados como crackers: tem torradas de pão folha, torradas de bagel, ritz, saltinis e vários outros.

O chef do New York Times, mostra uma receita básica de biscoito feita com poucos ingredientes." ( Fonte: TV IG)

9 de setembro de 2009

Dicas para seu lar: Como passar camisas

Apesar do video estar em japonês, veja como passar, dobrar uma camisa de mangas compridas.

McDonald's comemora 30 anos na França

"McDonald’s, a rede de fast food mais famosa do mundo, está comemorando 30 anos de Mc Lanche Feliz na França.

Ao contrário das expectativas, as promoções de hambúrguer, batata frita e refrigerante são um sucesso no país da alta gastronomia."( Fonte: TV IG)

 

Aprenda a preparar uma deliciosa arepa

"Mark Bittman prepara uma versão das arepas, deliciosos bolinhos venezuelanos à base de fubá.

Arepa é um alimento elaborado a partir da farinha de milho, típico da gastronomia da Venezuela.

Cada arepa apresenta uma forma circular achatada com cerca de dez a vinte centimetros de diâmetro.

Pode servir de acompanhamento a outros alimentos ou então ser o prato principal de uma refeição. " ( Fonte: TV IG)

Acrescente shiitake na sua alimentação

Lentinula_edodes

"O shiitake (Lentinula edodes) é um cogumelo comestível nativo do leste da Ásia. A espécie é hoje em dia o segundo cogumelo comestível mais consumido no mundo, incorporado desde há muito nos hábitos alimentares dos povos asiáticos. Recentemente, foi introduzido para produção e consumo nos paises ocidentais.

A palavra "shiitake" tem origem no japonês shii (uma árvore parecida com carvalho) e take (cogumelo). A primeira referência histórica do consumo de shiitake data de 199 AD. No Brasil começou ser cultivado no início da década de 1990.

Na natureza, o shiitake pode ser encontrado em florestas asiáticas, onde se desenvolve em árvores mortas. É um fungo aeróbio, decompositor de madeira, que degrada celulose e lignina para obter energia.

O shiitake é nutritivo, rico em proteínas, contendo em relação à matéria seca 17,5% de proteínas, com nove aminoácidos essenciais. Tem também importância medicinal, possuindo substâncias com propriedades medicinais para o tratamento e controle de pressão arterial, redução do nível de colesterol, fortalecimento do sistema imunológico, e inibição do desenvolvimento de tumores, vírus e bactérias.

O shiitake é produzido em compostos orgânicos à base de serragem, farelo de arroz e/ou trigo e/ou soja, previamente hidratada e corrigida do ponto de vista do pH. O produto repousa durante 145 dias em local fechado e climatizado a cerca de 14°C até o aparecimento dos frutos e sua colheita. Este processo também é conhecido como cultivo axênico.

O shiitake pode ser conservado por 10 a 15 dias em refrigerador (4 °C). Geralmente, são embalados em bandejas de isopor (200g), recobertos por filme de PVC, ou em pequenas caixas de papelão.

O shiitake pode ser preparado em sopas, molhos, saladas e até empanado. Pode ser preparado de modo parecido a da carne.

Outros tipos: Champignon, Agaricus blazei, Auricularia erinaceus, Buna shimeji, Coprinus, Flammulina velutipes, Ganoderma lucidum, Hericum erinaceus, Maitake, Nameko, Pleurotus-salmão, Pleurotus citrinopileatus, Pleurotus cystidiosus, Pleurotus djamor, Pleurotus eryngii, Pleurotus euosmus, Pleurotus tuberregium, Stropharia rugosoannulata, Shirotomagiotake, Cardoncello, Shiitake, Shimeji-branco, Shimeji-preto, Tremella fuciformis, Volvariella volvacea " (Fonte: Wikipédia)

Dicas de Etiqueta : Composição de mesa

mesa

1 Sousplat
2 Prato raso
3 Prato fundo
4 Prato para pão
5 Garfo para peixe
6 Garfo comum
7 Faca comum
8 Faca para peixe
9 Colher de sopa

10 Faca de sobremesa
11 Garfo de sobremesa
12 Colher de sobremesa
13 Faca para manteiga
14 Copo água
15 Copo vinho tinto
16 Copo vinho branco
17 Copo champanhe
18 Guardanapo

( Fonte: Oxford - http://www.oxford.ind.br/institucional/pt/dicas/decoracao.php)

Dicas de etiqueta : Como organizar um buffet ou uma festa elegante (formal).

Estas dicas foram encontradas no site Faz Fácil (www.fazfacil.com.br).

"Como organizar um buffet ou uma festa elegante (formal).

Tipos de recepção:

Formais (serviço à francesa, serviço à inglesa)
Informais (serviço à americana, à brasileira)

Serviço à francesa

Em matéria de etiqueta à mesa, é o mais requintado, deve ser realizado somente em festas especiais (casamentos, bodas, noivados, quando receber pessoas formais, como ambiente de trabalho – presidentes, diretores, hóspedes estrangeiros). São situações protocolares, como numa embaixada por exemplo.

Neste serviço devemos tomar precauções dobradas, nada pode dar errado... O garçom deve estar impecável (com uniforme e luvas). O mesmo começa servindo a mulher sentada ao lado direito do anfitrião (a convidada de honra), em seguida todas as mulheres, por último o anfitrião.
Deve trazer a bandeja à esquerda do convidado, para que ele mesmo se sirva.

Os lugares à mesa são marcados com porta cartões (placement), onde consta o nome de cada um à frente do local onde deve se sentar.

O garçom que serve à francesa deve ter muita prática, não devem nunca esbarrar nos convidados enquanto servem e nem se encostar à mesa.

Serviço à inglesa

O serviço à inglesa também é um serviço requintado, porém o que o diferencia é que neste serviço o convidado não precisa pegar os talheres da bandeja para se servir, pois é o garçom que o fará.
É um serviço muito usado nos restaurantes.

Serviço à americana - o buffet.

Qualquer refeição, do café da manhã à ceia, pode ser servida à americana, isto é em forma de buffet.
Este tipo de recepção é indicado para reuniões com um número grande de pessoas, para que as pessoas fiquem mais à vontade para se servirem. Porém, hoje em dia é bastante adoptada como forma prática e simples de receber amigos em casa, claro tudo isso sem perder o requinte e bom gosto à mesa.
A mesa poderá ser arrumada da seguinte forma: os pratos e talheres ficam empilhados num dos lados da mesa, um arranjo deve vir ao centro, e do outro lado as travessas com seus respectivos talheres.
Se forem mais de 10 pessoas, os pratos devem ser divididos em 2 pilhas, no bufett ou mesinha auxiliar, inclusive os pratinhos de sobremesa.

Serviço à brasileira

É o tipo de serviço que mais estamos acostumados, é o tradicional serviço familiar que realizamos em nossas casas. A mesa deve ser arrumada com toda a elegância, pois mesmo sendo pessoas mais íntimas, deve-se ter o capricho de distribuir tudo da melhor forma possível.
Nesse serviço não utilizamos garçom, pois as travessas podem estar à mesa.

Os anfitriões tem 3 opções:

Servir todos os convidados – ou repetir travessas – ou usar o aparador e deixar os convidados se servirem à vontade.

Como servir à mesa :

A pessoa que servirá a mesa (o dono da casa, copeira ou garçom) deve estar com aparência impecável e com aparência perfeita. Deve ter boa postura, jamais se curvar sobre o convidado (roupa sempre limpa, pois higiene é fundamental).
A aparência da toalha também deve ser limpa e bem passada. A mesa bem arrumada, tudo deve estar impecável.

Começa-se pela entrada (sopa, salada...). Se for sopa, prato fundo ou a taça de consomê (poderá vir cheio para mesa).
Se a entrada for fria, poderá estar no prato e à mesa, antes dos convidados sentarem. Senão, será servida pelo lado esquerdo após se sentarem.
As bebidas são servidas pelo lado direito e de acordo com os pratos.
Nunca encha os copos até a boca (somente ? da taça).

A primeira travessa é levada pelo lado esquerdo do convidado (se for à francesa ele mesmo se serve).
Os pratos sujos devem ser retirados também pelo lado esquerdo.
Os pratos limpos sempre entram pela direita do convidado.
Servir homens e mulheres partindo sempre da convidada de honra.
Evite fazer pilhas ao retirar os pratos, primeiro são retirados os pratos e depois os copos.
Ao terminar a refeição, o café pode ser servido à mesa ou na sala de estar.
Após a refeição e ao pagamento a conta, deve-se colocar o guardanapo á esquerda do prato.

* Sugestões:

Os lugares dos convidados devem ser marcados respeitando o protocolo, mas outros fatores como afinidade, devem ser levados em conta.

Evite música alta e de ritmo acelerado. O ideal é escolher sons mais suaves e que possuam um estilo próximo à sua personalidade." ( Fonte: fazfacil.com.br)

8 de setembro de 2009

Filé lardelatto ao molho de vinho tinto

Ingredientes

Carne

4 medalhões de filé mignon (220g cada)
120g de lardo di colonnata (ou bacon, com mais gordura do que carne)

Molho

100g de salsão picado
100g de alho-poró
100g de cenoura
150g de cebola
1 quilo de osso bovino
1 ramo de tomilho
1 ramo de sálvia
1 ramo de alecrim
150ml de vinho tinto seco
130g de cogumelos (porto belo, shitake)
Sal, pimenta e manteiga para finalizar

Modo de preparo

Carne

Faça um corte longitudinal em cada um dos medalhões. Coloque uma fatia do lardo ou do bacon, feche e amarre os medalhões com um barbante.

Tempere com sal e pimenta moída na hora e leve ao fogo alto numa frigideira para selar a carne. Depois que estiver dourada por fora, leve ao forno, em fogo alto, por 10 minutos.

Molho

Toste os ossos no forno. Coloque-os em uma panela e junte o salsão, o alho-poró, a cenoura, a cebola e as ervas. Cubra com água, leve ao fogo e cozinhe por 6 horas.

Depois de pronto, coe o caldo. Ele vai ser usado para refogar os cogumelos, que devem ser picados e colocados em uma frigideira grande junto com o vinho tinto.

Espere o molho reduzir pela metade e acrescente um pouco de manteiga para finalizar. Acerte o sal e a pimenta.

Montagem

Despeje o molho no fundo do prato e coloque os medalhões por cima. Finalize com pimenta-do-reino moída. Sirva com purê de batatas à parte.

( Fonte: Veja SP)

4 de setembro de 2009

Carne de porco com molho de amendoim

"Mark Bittman leva a manteiga de amendoim além do sanduíche." ( Fonte: TV IG)

 

Modo de Fazer - Filés de bife

"Láercio F. de Macena, chef de cozinha do restaurante La Marie em São Paulo, ensina cortar e preparar deliciosos bifes de coxão mole."( Fonte: TV IG)

 

 

Cozinhando com a mamãe Template by Ipietoon Cute Blog Design